Dura como uma rocha ou frágil como uma flor?

É engraçado que, quanto mais a gente tem a dizer, a espairecer, menos a inspiração aparece. O ano está acabando, eu mal e porcamente estive por aqui. A não ser por um post esporádico ou outro. Mas hoje a dor está grande. Dilacerando meu peito. Porque, pela segunda vez na vida, vou acabar um ano sendo saco de pancadas de uma pessoa que eu amo muito. Mas que deixei de admirar faz tempo. Tinha voltado a admirar, a amar incondicionalmente. Tinha. Passado. Nada perfeito. 2014 foi um ano diferente, e duro da metade em diante. Um ano que me fez endurecer. Apesar de encontrar pessoas pelo caminho que passaram a me considerar “a melhor pessoa que eu conheci na minha vida inteira”. Se eu sou a melhor, imaginem a pior. Sou normal. Faço o bem, mas também já fiz o mal deliberadamente, após ter sido agredida. E o ano está terminando me ensinando que sei ser dura com as pessoas que eu amo. Que sei machucar com palavras muito mais do que se eu estivesse num ringue de UFC. Que não tenho mais medo de ameaças. Que não tenho mais medo de correr o mundo para buscar minha felicidade. Que se não ta bom, a gente muda o que tem que mudar, mesmo sendo chamada de covarde e hipócrita. A vida é dura, grossa e não usa vaselina. Mas é mil vezes pior quando as pancadas vem de pessoas do nosso sangue, que supostamente, deveríamos amar. Deveríamos sim. Mas quem ama, sendo apedrejado, criticado e julgado o tempo todo? Quem ama estando sempre na corda bamba? Quem ama, quando foi feito um acordo ou promessa, e quebrado? Quem ama ouvindo o tempo inteiro que tem que apanhar muito da vida pra crescer? Eu tenho 34 anos. Já apanhei um bocado. Não preciso que alguém me surre porque tenho que ser saco de pancada. Ou porque precisa de um… Não. O que eu preciso é o oposto disso. O que preciso, o que eu quero e o que eu mereço também. Mesmo dura como uma rocha, por dentro ainda sou frágil como uma florzinha. Clichê, mas real. (uma foto minha, para dar uma variada. gosto dela em particular…) Raka002

Anúncios
Esse post foi publicado em Deep inside my head.... Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s