O que é o amor?

0000000aaaaa

“Amor pra mim é aquela vontade da gente se fundir com o outro até o mundo terminar. Tem um quê de desespero, pois a gente tem medo da perda. Tem um quê de descontrole, pois ninguém tem domínio de um sentimento tão puro quanto esse. Tem um quê de coragem, porque a gente passa por cima de muitas coisas. Tem um quê de paciência. Tem um quê de cumplicidade. Tem um quê de segredo. Tem uma pitada de muitas coisas. Amar é perder o nojo, pois amando a gente percebe que o outro é uma pessoa – e as pessoas são sujas de vez em quando. Amar é abrir os braços e ir – sem saber o que existe mais adiante.”

— Clarissa Corrêa

Anúncios
Publicado em Deep inside my head... | Deixe um comentário

Lágrimas não são argumentos…

Lágrima: A lágrima ou fluido lacrimal é um líquido composto de água, sais minerais, proteínas e gordura, produzido pelas glândulas lacrimais (do sistema lacrimal) nas pálpebras superiores do olho humano para lubrificar e limpar o olho.

Mas lágrimas, não são apenas lágrimas.
Lágrimas podem ser dor, alegria, decepção, medo, ansiedade, angústia, felicidade, amor, ódio, fúria.
Tudo pode se resumir numa lágrima. Inclusive, tudo o que vai no coração.
Porque, vamos combinar, a lágrima de dor física, a gente esquece.
E a lágrima de dor de sentimento?
E aquela lágrima que fica trancada na garganta? (essa é tensa, vamos combinar).
Mas, na real, lágrima é o melhor meio da gente poder lavar a alma. Deus é sábio.
Fez a lágrima pra gente usar quando as palavras não aparecem!

Se chorei hoje? Não…
Se tive vontade de chorar? Menos ainda…
Só li uma frase e me inspirei um pouco…
Sim, escrever já foi minha terapia.
E está voltando a ser…

Lágrimas

Publicado em Deep inside my head... | 1 Comentário

A arte de sorrir [José Saramago]

264065_251990608148179_130670946946813_1191314_3155327_nSorriso, diz-me aqui o dicionário, é o acto de sorrir. E sorrir é rir sem fazer ruído e executando contracção muscular da boca e dos olhos.
O sorriso, meus amigos, é muito mais do que estas pobres definições, e eu pasmo ao imaginar o autor do dicionário no acto de escrever o seu verbete, assim a frio, como se nunca tivesse sorrido na vida. Por aqui se vê até que ponto o que as pessoas fazem pode diferir do que dizem. Caio em completo devaneio e ponho-me a sonhar um dicionário que desse precisamente, exactamente, o sentido das palavras e transformasse em fio-de-prumo a rede em que, na prática de todos os dias, elas nos envolvem.
Não há dois sorrisos iguais. Temos o sorriso de troça, o sorriso superior e o seu contrário humilde, o de ternura, o de cepticismo, o amargo e o irónico, o sorriso de esperança, o de condescendência, o deslumbrado, o de embaraço, e (por que não?) o de quem morre. E há muitos mais. Mas nenhum deles é o Sorriso.

 

Publicado em Deep inside my head... | Deixe um comentário

O que é ser feliz para mim…

Não se prender a detalhes. Brincar como uma criança. Chorar de felicidade… Deixar para lá. Ter pensamento positivo. Respeitar os sentimentos dos outros.
Entender que somos pessoas únicas. É dançar sem medo. Não se apegar a bens materiais. Respirar a brisa do mar. Ouvir a melodia suave de uma fonte. Observar a natureza. Adorar um dia de chuva. Ter motivação! Enxergar além das aparências. Descobrir que precisamos dos outros.
Rir sozinha. Saber trabalhar em equipe. Ser sincera. Encontrar a felicidade nas pequenas coisas.
Esquecer o que já passou. Buscar novos horizontes. Perceber que somos humanos. Vencer a nós mesmos.
Não procrastinar as decisões. Mimar a criança interior. Deixar acontecer… Praticar a humildade.
Dormir feliz. Emanar vibração de amor… Saber que estamos só de passagem.
Ouvir o coração…
Acreditar na vida!tumblr_lt9g0n07qt1qd2jb6o1_500

Publicado em Deep inside my head... | Deixe um comentário

Mulheres que correm com lobos

Todas nós temos anseio pelo que é selvagem. Existem poucos antídotos aceitos por nossa cultura para esse desejo ardente. Ensinaram-nos a ter vergonha desse tipo de aspiração. Deixamos crescer o cabelo e o usamos para esconder nossos sentimentos. No entanto, o espectro da Mulher Selvagem ainda nos espreita de dia e de noite. Não importa onde estejamos, a sombra que corre atrás de nós tem decididamente quatro patas.

CLARISSA PINKOLA ESTÉS, Ph.D. Cheyenne Wyoming

lobo

 

 

 

 

Para quem quiser o livro na íntegra:

http://veterinariosnodiva.com.br/books/MULHERES_QUE_CORREM_COM_OS_LOBOS.pdf

 

Publicado em Deep inside my head... | 2 Comentários

Quer saber o que eu quero?

Quero beijos sinceros e apaixonados! ☆ Quero viagens inesquecíveis! ☆ Quero banho de chuva! ☆ Quero dinheiro no bolso! ☆ Quero carinho, cafuné, colo! ☆ Quero amigos loucos e felizes! ☆ Quero pizza, nega-maluca e coca-cola! ☆ Quero trilha, cachoeira, pés descalços! ☆ Quero ouvir música alta e dançar até cansar! ☆ Quero dormir até acordar! ☆ Quero mar, quero vento, quero sol! ☆ Quero conhecer muita gente e me apaixonar por cada uma! ☆ Quero me jogar! Quero voar! ☆ Quero abraços, muuuitos abraços! ☆ Quero quem tá longe de volta! ☆ Quero adrenalina, suspense, aventura! ☆ Quero chorar de rir! ☆ Quero toque, pele, química, desejo! ☆ Quero noites de lua cheia! ☆ Quero viver de amor! ☆ QUERO SER FELIZ E TEM QUE SER AGORA!

Euzinha

Publicado em Deep inside my head... | Deixe um comentário

Mais de mim…

Eu sou feita de
SONHOS interrompidos …
Detalhes despercebidos …
Sou feita de
Choros sem ter razão ….
Pessoas no coração …
Atos por impulsão …

Sinto falta de
Lugares que não conheci …
Experiências que não vivi …
Momentos que já esqueci …

Eu sou …
AMOR e carinho constante …
Já tive noites mal dormidas …
Perdi pessoas muito queridas …
Cumpri coisas não-prometidas …

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar …
Sorri para não chorar …

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei …
Amizades que não cultivei …
Aqueles que eu julguei …
Coisas que eu falei …

Tenho saudade …
De pessoas que fui conhecendo …
Lembranças que fui esquecendo …
Amigos que acabei perdendo …

Mas continuo VIVENDO e APRENDENDO.
281489_231778343520097_228283893869542_724958_6677843_n

Publicado em Deep inside my head... | Deixe um comentário